Como produzir e concretizar trabalhos artísticos fora dos espaços consagrados de atuação? E como tornar estes trabalhos mais diluídos no corpo social? Estas e outras questões foram fundamentais para unir os integrantes do grupo em torno de um objetivo comum: o de consolidar estudos e práticas de intervenções urbanas e exercícios performáticos teatrais.   Surge então, em 2012, na cidade de Araraquara, o Projeto Antrópicos, que dá nome ao grupo.

             Antrópico é um termo encontrado na Física e na Ecologia, que foi tomado de empréstimo para dar nome e embasar esse projeto. Antrópico é também um adjetivo e significa em linhas gerais “aquilo que é relativo ao ser humano; relativo à ocupação humana; e relativo à ação humana”.

          Caracterizado por um experimentalismo estético onde há a relevância de proposições políticas e sociais, o Projeto Antrópicos tem por objetivo a realização de intervenções plásticas e produções cênicas no espaço urbano, no intuito de transformá-lo em um campo de estudos/exercícios, para assim suscitar uma investigação das relações entre arte e o meio; arte e o público; arte e efemeridade.

 

       

 

           Desde janeiro de 2014 o grupo está sediado na cidade de Santos, SP.

 

 

        O Projeto Antópicos é formado por Carol Fog, Malu Câmara e Tames Santos.

Contato: projetoantropicos@gmail.com

 

 

Projeto Antrópicos

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now